CAVEIRA

.

NADA MAIS BELO DO QUE UM BANGUELA SORRINDO AMARELO

.

.

nasci dotado de uma inteligência cavalar

tão rara que quase não uso, pra não gastar

com meias verdades preparo o pé-na-bunda fatal

quando minto acredito que sou um cara legal

.

conheço deus e todo mundo, não tem pra ninguém

juntos eu e meu umbigo nos damos muito bem

tenho o dom de enfiar o pé na jaca de manhã no café

quando a vida vai em frente eu engato uma ré

.

minha memória prodigiosa e seletiva só me dá vivas

ninguém mais bota fé que tenho células ativas

pra ser franco, nela eu gasto minha sólida saliva

pena que o resto viva sempre à deriva

.

Ruga

.

.


Anúncios

~ por polacodabarreirinha em 10/08/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: