Paola2

.

Minha filha Paola Bianchi Wojciechowski completa hoje mais um anos de vida. Parabéns, querida.

.

Paola:

.

Existem coisas que não dá pra traduzir

em palavras exatamente como são.

Chega-se perto, quase lá, mas a emoção

está mais onde está você e eu quero ir.

.

È bem difícil colocar em um poema

a sua beleza interior, sua graça alada,

que me faz rir até ao fazer uma salada,

ou quando me mostra às claras uma gema.

.

Que trocadilho infame! É a ferrugem, é a idade,

esses aniversários que vamos somando

e quando se vê já estamos festejando,

até um final de gripe traz felicidade.

.

É, a vida não tem replay, vamos em frente.

Agasalhe-se quando quiser em meus braços,

quanto mais eu a solto mais aperto os laços.

É que o amor  tem tentáculos. Quem ama sente

.

esse desejo de prender, essa vontade

de dizer as palavras que estão no coração.

E dessas maravilhas eu não abro mão:

ser algema pra te dar total liberdade!

.

.

Beijo, minha filha. Te amo muito.

.

Thadeu

.

.

Anúncios

~ por polacodabarreirinha em 12/08/2009.

3 Respostas to “”

  1. Um sincero parabéns, também, mesmo não a conhecendo. Mas conheço a poesia de seu pai.

    É… preciso sair mais, encontrar poetas…

  2. Rsrsrsrsrs…Boa essa.

    Abraço

    Thadeu

  3. Paola: um dia eu descobri, saquei na hora. Perguntaram pra mim: quantos anos você tem? Eu disse: o suficiente. Parabéns, menina.
    Nós temos a vida inteira pela frente. Você é um dos belos poemas do Polaco da Barreirinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: