beinde

.

Saúde, poetas!

.

Ivan – faça o favor – me alcance aquela rima.

Tenho que terminar o verso em grande estilo

e hoje estou meio jacu, do tipo bicho grilo.

A gripe quase acabou com minha alta estima.

.

Mas sair da maldita cama já me anima

e, que eu saiba, não tenho idade para o asilo.

A cadência nervosa deixo a algum pupilo

que ainda teima e quer sempre chutar de prima.

.

Você, Roberto Prado, Solda , são exímios

encantadores de palavras. Com os três,

a meninada aprende ou some de uma vez!

.

Nós não fazemos versos pra deleitar símios.

Pouco me importa se o molde é muito batido,

no soneto, a rigor, hoje estou bem vestido!

.

Polaco da Barreirinha

.

.

Saúde, poetas!

Ivan – faça o favor – me alcance aquela rima.

Tenho que terminar o verso em grande estilo

e hoje estou meio jacu, do tipo bicho grilo.

A gripe quase acabou com minha alta estima.

Mas sair da maldita cama já me anima

e, que eu saiba, não tenho idade para o asilo.

A cadência nervosa deixo a algum pupilo

que ainda teima e quer sempre chutar de prima.

Você, Roberto Prado, Solda , são exímios

encantadores de palavras. Com os três,

a meninada aprende ou some de uma vez!

Nós não fazemos versos pra deleitar símios.

Pouco me importa se o molde é muito batido,

no soneto, a rigor, hoje estou bem vestido!

Polaco da Barreirinha

Anúncios

~ por polacodabarreirinha em 17/08/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: