cuidando-da-tanka

.

Quarta-feira de cinza

.

Tinha que ser dia nove, tinha que chover

e mais e mais e mais e tinha que ser cinza

o dia, esse tal dia que por ser tão ranzinza

é bem capaz de em um só hoje não caber.

.

Era o que me faltava, mas não pode ser!?

Um dia pra sempre, eterno, de cor quase ninja,

sem um raio de sol que me aqueça ou atinja

e que até o fim dos tempos me faça tremer?

.

Entrou água em meu cérebro? Posso ir agora?

Posso relampejar, chover e trovejar?

Quero pegar o clima e, sem pestanejar,

.

acabar com essa atmosfera pois, lá fora,

lá, bem longe daqui, um poema longo e belo

faz todo esse mau tempo sorrir amarelo!

.

Thadeu W

.

.

.

Anúncios

~ por polacodabarreirinha em 09/09/2009.

2 Respostas to “”

  1. Thadeu, tudo bem? Devo lançar este ano a segunda ediçao do livro Meninos de KIchute, e, pretendo colocar na contra-capa depoimentos de alguns amigos, entre eles vc. Posso?
    PIncei a frase do teu blog: “Li e fiquei com saudades do meu. Toda infância tem um nome agora. Leiam. Todos os kichutes estão lá”.
    Grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: