.

fênix para uma quarta-feira de cinzas

.

ao ivan e gianna

.

perguntam-me quem sou

coração? mente? sol? soul?

e sei, sou de tudo um pouco

poeta, santo, profeta, louco


artífice de mim, me conheço

me faço onde me aconteço

são os outros minha ternura

e não a minha envergadura

.

amigos fiz para toda a vida

ida na subida e na descida

e aconteça o que acontecer

todo dia será dia de colher

.

sim, abri mão das sementes

como os versos estão contentes!

e já que estamos aqui nessa lida

vamos brindar à nossa vida!

.

um tanto mais de luz e céu

e deciframos a língua de babel

hoje, juntos, damos as tintas

arco-iris na quarta-feira de cinzas!

.

Antonio Thadeu Wojciechowski

.

.

.

Anúncios

~ por polacodabarreirinha em 17/02/2010.

7 Respostas to “”

  1. Thadeu:

    com versos em tão humana língua angelical
    você nos fez muito mais que um carnaval –

    eu rio dessas rimas que aqui engancho
    ao perceber você aí puxando o rancho –

    sua poesia vem de cima, e no entanto atinge
    todos, ilumina e decifra toda e qualquer esfinge –

    só nos resta fazer nossas as suas lindas
    palavras descabeladoras de ranzinzas:

    “arco-íris na quarta-feira de cinzas!”

    Ivan & Gianna

  2. Ivan e Gianna.
    A amizade que nos une é grande e hoje sei que é recíproca.
    Desejo que a paz e o amor estejam sempre em primeiro plano, pois encontrar o amor é fácil, difícil é continuar regando e cultivando no dia a dia, mas quando conseguimos, geralmente colhemos bons frutos.
    Com carinho,
    Catarina.

  3. Valeu aí Tedeu!
    Pela contribuição na minha vida, filho de Laércio Gomes, mais conhecido como Sapo, tive a oportunidade de conhecê-lo entre outros quando era bem pequeno, e hoje te encontro em frente ao Bar do Torto fiqquei muito feliz pelo lance de minha filha estar no meu colo, assim como devia estar no colo do meu velho no Bife Sujo…
    Curto suas poesias de tempo, e fico de cara da minha geração não ser como a de vocês que produziu coisa pra caralho…
    Enfim estas horas já estou cozido e deixo meu respeito por pessoas como você e meu Pai, que piraram o cabeção e coonstruiram alfgo palpável, mais diretamentre na arte, e que hoje minha geração é perdida e alienada.
    Mais estou aqui construindo o Partido dos Trabalhadores na esperança que esta merda toda mude.
    Grande Abraço

  4. Thadeu: saca só isso:

    “Oi, Tadeu,

    estes versos são geniais:

    “artífice de mim, me conheço
    me faço onde me aconteço
    são os outros minha ternura
    e não a minha envergadura”

    aí vai uma verdade que me serve por completo. Faz tempo que teimo em me entender e não consigo. Arrisco uns versos neste ambiente de nobilíssimos poetas:

    Como é que você pode dizer tão bem

    aquilo que eu sentia

    e nem sabia

    que era meu também?

    Obrigada! Pelo menos por hoje não questionarei porque minha ternura pelos outros aumenta sempre, sem considerar a minha pouca (será?)envergadura.

    Abraços
    Liana, a mãe do Ivan”

  5. QUE PRAZER, LIANA. JÁ SEI DE ONDE VEIO O TALENTO DO IVAN. ESTEJA À VONTADE PARA MANDAR MAIS BELEZAS COMO ESSA. ABRAÇO.

    THADEU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: