.
Para Paulo Leminski

.
enquanto é tempo

ninguém foi ver se eu estava na esquina
ou se, pelo menos, minha palavra estava
e dizia a que veio
batendo de frente
de perfil
de quina

a poesia é um escândalo
atrás do outro
o poeta, um bando
movido à cicatriz
e perdigoto

misto de mártir e meretriz
um poço
um passo
carne de pescoço
alma que foi pro espaço

todo santo dia
morre um de tanto beber
outro de atrofia
poucos de tanto escrever
muitos que ainda iriam ser
e não foram nem sombra
do que poderiam ter sido

ah! não farei um último pedido
a vida é um não sei
e a gente sabe
que é de lei
usar antes que acabe

antes que o peito
como um pneu furado
se esvazie, de tal jeito,
que o coração
ainda vivo
seja prensado, paralisado
sem emoção
sem motivo
sem ar
sem ter conjugado
na primeira pessoa
o verbo amar

Antonio Thadeu Wojciechowski

.

Anúncios

~ por polacodabarreirinha em 24/08/2011.

2 Respostas to “”

  1. Nossa Thadeu esse poema é muito intenso. Que dor no peito!

  2. “80 m.p.h. is irrelevent when you’re escorting 5-ton vehicles.”What 5-ton? We escourted trucks(the backbone of military logistics)! The 5-ton has also been replaced by the ; it hauls ass too. “We mustn’t get bogged down in details here: the problem is, we’re getting involved in combat power where the civilian population is the thlatt.”Execary, we -were- too concerned with seeking the decisive engagement, overlooking everything else.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: